Muitas vezes a prioridade de quem busca emagrecer não é a saúde e sim a questão estética, então cada vez mais o uso frequente de métodos inadequados para emagrecer se torna comum, então existe um aumento significativo de uso de diuréticos, laxantes, inibidores de apetite e até mesmo vômitos induzidos.

A imagem passa a ser a grande motivadora para as pessoas procurarem emagrecer e a saúde acaba estando em segundo plano, o que pode ser muito prejudicial a longo prazo.

Nos dias atuais toda nossa sociedade vive em um paradoxo, onde nunca se teve tanta disposição alimentar e ao mesmo tempo a divulgação de blogueiras fitness reforça cada vez mais a valorização da estética.

Quando estamos falando no processo da perda de peso, não se pode somente estar focado na questão estética, é necessário que o foco esteja em comportamentos que possam ser alterados e modificados hoje. Trazendo assim, benefícios no futuro. A questão estética não é imediatamente alterada, o que muitas vezes pode ser um fator desmotivador então buscar alterar um comportamento que temos controle total pode ser um ótimo início no processo de emagrecimento. Ter conhecimento que a saúde e longevidade estão andando de mãos dadas com um corpo saudável é fundamental e a magreza nem sempre está diretamente relacionada com a saúde.

Veja esse vídeo que fiz sobre o assunto:

Estudos mostram que pessoas que fazem lipoaspiração, bariátrica ou tomam remédio para emagrecer, voltam a engordar, já que o foco muitas vezes está em resolver a insatisfação com a aparência e não alterar o comportamento que causou a atual imagem corporal.

 Portanto o objetivo precisa ser a mudança de comportamento que originou o peso atual e não o emagrecimento, o segundo virá como consequência de forma natural e gradativa.  Então melhorar a autoestima, satisfação corporal, respeitar a diversidades e tamanhos é uma excelente forma de mudar a chave para alcançar o emagrecimento efetivo.

Como mudar a chave para conseguir emagrecer?

Veja esse vídeo que fiz sobre o assunto:

  1. Reduza o tempo no computados e smartphones – vá atrás de coisas que você gosta, e sabe fazer bem, esta é uma ótima forma de elevar a autoestima.
  2. Aumente a disponibilidade de alimentos saudáveis gradativamente.
  3. Aumente o conhecimento do que os alimentos e atividades promovem no seu corpo.
  4. Saber que cada vez mais as porções dos alimentos estão maiores nos restaurantes é algo importante, então não termine todo o prato, observe se está satisfeito antes de acabar.
  5. Sim, o photoshop existe ;), as fotos de famosas, blogueiras muitas vezes são editadas então tenha crítica e queira ser a sua melhor versão, as vezes idealizamos ter uma barriga que nem mesmo existe.
  6. Pratique atividade física, ela além de promover bem-estar, cria uma consciência corporal e sentimento de autocuidado.

Toda semana posto dois vídeos sobre emagrecimento no meu canal do Youtube, inscreva-se: https://www.youtube.com/psicologiadanutricao